sábado, 18 de março de 2017

Papo de Jeca

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Os Filmes de 2016 - Papo de Jeca

Nesse Papo de Jeca, os Fábios bateram um papo descontraído sobre tudo o que assistiram no ano de 2016, o que mais gostaram e o que não gostaram também.


quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Uma simples homenagem a Carrie Fisher nossa eterna princesa Leia

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Do forno a lenha: Dr Estranho



Fala Jecaiada, tudo beleza? 

Eu o Jeca Fabio Morgado já assisti ao novo filme da Marvel Studios o Dr. Estranho e venho deixar minhas humildes impressões. 

Para começar temos a velha fórmula do bilionário bem sucedido e excêntrico que só olha para o próprio umbigo e se acha um deus na terra. 

Mas de repente ele perde tudo o que tinha, tudo o que mais tinha valor para ele, e com isso começa uma busca desesperada para recuperar tudo o que perdeu. 
Nessa busca ele acaba encontrando muito mais do que tinha procurado. algo muito maior do que ele mesmo. Nesse momento ele descobre que nada do que ele dava como valioso,  tinha realmente valor. As pessoas são o mais importantes.  

Temos o nosso herói!!! 

Bem,  a gente já viu essa história trocentas vezes, mas até ai tudo bem. 
O grande problema do filme é o roteiro fraco, o excesso de piadinhas que não combinam com o clima do filme e a falta de um arco dramático, realmente dramático. 
O próprio confronto final é uma piada,  pelo menos para mim deveria ter sido um momento tenso. 
Isso me deixou com aquele gostinho... “Poxa vida podia ter sido tão melhor!!!” 

 Mas temos pontos positivos e muitos. 

 Todo o conceito visual do filme é  fantástico, dos poderes mágicos, aos multiversos, as relíquias usadas (armas) tais como o olho de Agamoto* e a capa da levitação* entre muito outros artefatos que estão por vir são sensacionais.  

Outro ponto positivo do filme são os atores que estão excelentes. 
Benedict Cuberbatch como Dr. Estranho é puro carisma, eu achei que ele seria mais insuportável na fase inicial como Dr. Todo Poderoso Estranho mas mesmo assim  achei muito carismático e engraçado, apesar de ser insuportavelmente arrogante. Assim como Robert Downey Jr é o Homem de Ferro Benedict Cuberbatch é o Dr. Estranho. 

Tilda Swinton está perfeita como a Anciã, afinal Tilda sabe como ninguém fazer personagens diferentes. 

Mads Miklsen o Hanibal da tv  como Kaecilius é um vilão morno não tanto por sua atuação,  mas pelas suas motivações que pelo menos para mim,  não convence. Mas ele faz muito bem cara de mal. 

Chiweltel Ejiofor como Mordor nesse filme serve como um grande coadjuvante, até de tornar o vilão provavelmente do próximo filme, ele que nos quadrinhos é o arqui-inimigo do Dr.Estranho aqui primeiro se um torna amigo para depois se colocar de lados opostos ao do Mago Supremo da Terra. 

Rachel McAdams como Christine Palmer me surpreendeu, pois acho essa atriz bem sem sal, e gostei muito da atuação dela,  se bem que a personagem não tem muito o que fazer no filme, pois além de ser o par romântico com o Dr. Estranho é ele quem serve como ótica de uma pessoa comum reagindo ao mundo mágico e misterioso do namorado. 

Apesar de ter deixado aquele gostinho de podia ser melhor, é uma excelente diversão e não sai fora do padrão Marvel de qualidade. Com visual ultra psicodélico e uma cidade distorcida que deixa Incepticon no chinelo, tem excelentes atuações e um Benedict Cuberbatch super carismático no papel do Mago Supremo da Terra o Dr.Estranho. 
Nota do Jeca 03 ferraduras.

Filmaços pro seis e inté!!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Só uma temporada de Stranger Things basta!!!

Resultado de imagem para Stranger Things

Estou ajudando a minha mãe a descobrir as maravilhas da Netflix e seu imenso catálogo, e por isso estou indicando séries e filmes mil para ela.

A primeira série que eu indiquei foi Stranger Things, “mãe a senhora vai adorar, não deixe de assistir” eu fico falando para ela  tempo todo.
Justamente por ela ainda não ter assistido enviei um comentário que achei muito motivador sincero e pertinente sobre a série para tentar motiva-la a começar, porque eu sei que na hora em que ela começar a assistir só vai parar no final, pois Stranger Things é viciante.
Nessa busca por reviews, criticas e podcasts falando sobre a série a qual prefiro chamar de filme em oito partes, revi muita coisa e reanalisando essa série que acertou em cheio esse velho coração nerd, cheguei a uma conclusão, a série não deveria ter mais temporadas, pelo menos dando continuidade a essa história.
Resultado de imagem para Stranger Things
Essa temporada foi perfeita, uma homenagem tão apaixonante aos anos oitenta, que conseguiu entrar de maneira magica em minha memória afetiva ao lado de filmes como ET e Goonies, De volta para o fulturo entre outros grande filmes da década de oitenta, mesmo tendo sido produzido e executado nos dias atuais.


O filme conseguiu reproduzir de maneira tão perfeita a atmosfera da década de oitenta que minha mente não consegue enxergar o filme como sendo de hoje.
Minha mente e o meu coração não conseguem dissociar mais da década de oitenta as crianças Mike, Eleven, Dustin, Lucas e Will vieram se juntar a Eliot, de ET, os Goonies e toda uma geração que marcaram época.

Resultado de imagem para et the extraterrestrial


Resultado de imagem para goonies

E é justamente por ter me apaixonando por esse filme em oito partes, que eu declaro que não quero mais uma temporada.
Pelo menos não dando continuidade a essa historia, essa foi perfeita demais, apesar de todas as falhas que possam ser apontadas, uma continuidade corre o risco de não ser tão boa e as crianças que são o charme desse filme são pré adolescente e estão mudando.
Com certeza a 2° temporada será diferente pois eles estarão diferentes.
Para mim melhor ficar como está, Stranger Things se eterniza como uma grande homenagem aos anos oitenta e quem sabe até futuramente se torne um clássico com gosto dos anos 80 mesmo sendo dos nossos dias.


Fabio Morgado

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

JeCast - Os Desenhos que marcaram a nossa infância

domingo, 2 de outubro de 2016

Invasão Russa nos filmes de Ficção Científica e Super Heróis?

Depois de tantos filmes americanos sobre super heróis e invasões alienígenas agora chegou a vez dos russos trazerem sua visão sobre tema.

Primeiro com um filme que fala de uma equipe com poderes especiais na linha dos X-Mens chamados Guardians:





E depois um filme de invasão alienígena chamado Atraction:

Trailer 01




Trailer 02:

Vamos esperar o que vem por aí